Minimalismo, uma vida mais consciente

Minimalismo, uma vida mais consciente

Confesso que quando escutei a palavra minimalismo pela primeira vez e procurei seu significado, acreditei que ser minimalista era ter uma vida preto e branco, cadeiras eames e uma cozinha com revestimento metro white. Nem preciso dizer o quanto estava errada, né?
Vai muito mais além do que conhecemos, muito mais além da modinha minimalista, é um estilo de vida a ser seguido. 
Significado de minimalismo:Minimalista é algo ou alguém adepto daquilo que é simples e elementar, considerado um estilo de vida para indivíduos que buscam o mínimo possível de meios e recursos para viver.

Minimalismo pode ser aplicado em quase tudo na sua vida, se não tudo. Esta ligado a arte, política, design e estilo de vida, que é o que vamos falar hoje. 


O minimalismo ensina a ter uma vida com mais simplicidade, onde menos é mais. Ajuda a controlar o consumismo, fazer compras consciente, desapegar das coisas e viver com mais liberdade.

Quando assistimos um vídeo onde contém publicidade, muitas da vezes desejamos aquilo, mas a questão é, realmente precisamos daquilo?
Com o minimalismo conseguimos ver o que realmente é importante e começamos a ter decisões mais conscientes.  

Quando comecei a pesquisar sobre, vi diversos desafios de 30 dias minimalista, achei aquilo bem interessante. Mesmo depois de ter pesquisado e lido que não existe regra para ser minimalista e sim saber o que é bom pra ti, o que faz se sentir livre, o que te faz feliz e o que é importante para você?


Não importa quantas coisas você tenha. O que importa é o valor que elas representam para ti.
Não interprete o minimalismo de forma errada, como disse não existe regra para a vida minimalista, logo, não existe números para a quantidade de item da sua casa ou a quantidade de roupa do seu armário. 
A grande questão é, se é importante pra ti, é o que vale. 
Atualmente vejo o mundo extremamente consumista, fazendo todos comprarem e desejarem cada vez mais, comprando sem necessidade, se afundando em dívidas e vivendo para pagar boletos, sem contar o acúmulo de coisas. Mas ai que esta, você quer viver essa vida? 

Quando entendi isso, vi o quando a vida minimalista iria me fazer bem. Pois como disse no começo do post, minimalista não é só uma vida clean onde tudo é branquinho, esta ligado ao nosso bem estar, nossa felicidade.


“Querem que você se sinta fora de moda, semana após semana. Para que assim você compre algo novo na semana seguinte.- Documentário The minimalist” 
Foi então que percebi, que muitas das vezes eu preferia comprar algo mais "popular" que era BEM mais caro ao invés de comprar algo "normal" com o preço super em conta que teria a mesma função e iria suprir todas as minha necessidades, apenas para mostrar que tinha e sofria pra pagar as prestações. E isso se encaixa em roupas também, queria comprar o que estava na moda, o que todo mundo estava usando, pra ter aquele item "modinha" da época, mas que no final, não me representava.

Até quando iria viver de aparência e prejudicando a minha felicidade por coisas fúteis? Obrigada minimalismo
.

Como estou começando agora a aplicar o minimalismo em minha vida, tenho muito o que aprender, mas vou compartilhar o que sei, para que assim possamos aprender juntos.

1- Faça lista para tudo

"Como assim comprar, se ter menos é mais?" Ter uma vida minimalista não significa que você não possa ir as compras. Só que ao invés de você comprar mais do que o necessário, irá comprar o necessário e conscientemente.
A lista me ajuda muito, pois eu vou focada no que eu preciso comprar, além de economizar (por conta de não comprar mais do que preciso) ainda ganho algumas horinhas do meu dia, pois com isso, faço tudo bem mais rápido.

2- Você não é obrigado a estar na moda

Não podia ficar algo na moda que já queria comprar, e muitas das vezes só usava enquanto estava em alta, depois ficava esquecida no armário. Agora aprendi algumas palavrinhas mágicas e toda vez que desejo algo que esta na moda, me faço as seguintes perguntas:

Porque comprar? 

Como usar? 
Eu quero? 
Eu preciso? 
Eu posso?
É confortável? 
Descartável ou durável? 

Depois de responde-las tenho minha resposta, mas o importante é ser verdadeiro em suas respostas, nada de se auto sabotar, hein!? 


3- Desapegue sem medo

Se tem uma coisa que eu sempre fiz em toda minha vida, essa coisa é acumular itens sem utilidade. E que graças a Deus percebi que desapegar é algo tão bom, tão leve. Que faço sempre; seja com roupa, maquiagem, produtos, objetos, o importante é desapegar. 
Sem contar que você pode estar ajudando outra pessoa, pois para ti aquele item não tinha mais utilidade mas alguém pode encontrar utilidade nele.

4- Fique offline 

Se tinha uma coisa impossível pra mim, era ficar off nas redes sociais. Como trabalho com isso, passo bastante tempo online, mas nada comparado a antes. Comecei a ter horário para trabalhar e ao invés de checar as redes sociais eu lia um livro, resultado disso, foi 5 livros lidos, 2 séries assistidas, tempo para brincar com meus gatos e fotografar (hobby fav da vida) e tudo isso em apenas um mês.
O mundo da internet é muito bom, mas fora dele é bem mais incrível. 

5- Cuidado com a influência

Algo que estou aprendendo com o tempo, é não ser influenciado. A todo momento no mundo da internet, tem algo em alta. Onde todos estão comentando ou consumindo. Logo, somos influenciados a desejar/querer aquilo que todo mundo tem. 
Saber diferenciar o seu desejo pessoal do desejo que criou por conta da influencia alheia, é muito importante. Sempre se pergunte o porque quer aquilo e se é realmente necessário. 

Uma coisa importante a ser citada, é que você não deve convencer os outros a ter uma vida minimalista. Nem todas as pessoas concordam e se adaptam, e tudo bem. Apenas deixe cada um viver da maneira que deseja, não a maneira certa ou errada, e cada um sabe o que é melhor para si.

Esse foi o primeiro de muitos postos que pretendo abordar aqui no blog sobre minimalismo, e com isso iremos aprender juntos! 

Se você curtiu o assunto, vou deixar algumas recomendações aqui em baixo. E lembre-se, menos é mais.

R E C O M E N D A Ç Õ E S 

° O que é minimalismo? - Leia aqui!
°Como ter um estilo de vida minimalista [Guia para Iniciantes] - Leia aqui!
° Minimus Life - Visitar
° Documentário The Minimalist - Netflix , Online

CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário

@BLUELLINE